ESPAÇO MIL FM

ESPAÇO MIL FM
A melhor radio WEB do Brasil

WEBESPAÇOMILFM

sábado, 4 de abril de 2020

RECORDAÇÃO - ENTREVISTA COM VALDEILSON LEAL ESPORTES 24 10 2015


PERSEVERANÇA, RESPONSABILIDADE, COMPROMISSO, PROFISSIONALISMO FAZ DO VALDEILSON UM GRANDE TREINADOR DE FUTEBOL

O MESTRE ESTÁ DE VOLTA , essa é uma frase que alguns atletas configuram para a volta do Treinador Leal ao Desportivo Ouroeste após essa pandemia que paralisou todas as atividades no mercado da bola mundial ...



Com um tempo disponível esse grande cidadão desportista e vitorioso que saindo do maranhão para o sul conseguiu uma grande proeza de se tornar um grande trinador e nesse bate papo com toda sua genialidade pelo seu grande profissionalismo ele mostra esse sucessos nessa carreira de treinador.
confira.
Assis Araújo - Quais as expectativas nessa nova fase e fale um pouco do início deste ano de 2020


TREINADOR LEAL 

O ano se iniciou bem com a minha vinda pra São Paulo,  tive 71 dias no Jalesense Atlético Clube na cidade de Jales para melhorar mais o nível na categoria principal do clube e obtivemos um bom reflexo no trabalho,  mas como faz parte do mundo da Bola eu tive que me desligar do clube e ir em busca de algo a mais na minha carreira e a minha ida pra Ouroeste tá sendo fundamental para isso pois almejo buscar o mercado mais alto e sei que lá terei minha trajetória mais consolidada.
A busca de chegar nos clubes grandes do Brasil  é uma meta em minha carreira , obter primeiro as licenças que a CBF exige onde na qual já tenho uma dessas licenças e logo após é se manter no mercado do futebol de elite do Brasil,  tenho em objetivo chegar também no futebol Europeu e no futebol dos Emirados Árabes pois sei que lá posso demonstrar a minha metodologia de trabalho com mais ênfase e dedicação como sempre tive onde passei . 


Assis Araújo- Em relação no que vc sempre fala sobre as licenças de treinadores,  explique um pouco mais. 


TREINADOR LEAL 

Então meu amigo hoje não só no Brasil como no mundo é necessário vc se especializar nos estudo do futebol e obter todas as licenças necessárias para que vc realmente possa almejar a se manter como treinador no mercado.
Hoje eu sou formado por uma das licenças da CBF , tenho um dos certificados do Futebol Interativo,  formação pela ABTE( associação brasileira de treinadores esportivos, Agape- MA no curso de formação de treinadores de futebol profissional e obtive esse ano o convite de poder fazer o curso da ATFA que é licenciado pela Comebol , uma licença que vai abrir o mercado pra mim não só no futebol sul americano como também no mercado europeu que tá em minha meta chegar lá. 

Assis Araújo- Fala um pouco dos clubes que vc comandou 

TREINADOR LEAL 

pra mim é bem gratificante dizer que comecei na minha própria escolinha chamada de Leal esporte clube pois foi o início de minha carreira,  depois passei pelo Esporte Clube Viana- MA, Ideal F.C - SP , Santa Quitéria- MA, Barra F.C - RJ , Desportivo Ouroeste- SP , Jalesense A.C - SP( recente) e agora estou de volta ao Desportivo Ouroeste para mais uma temporada 

Assis Araújo- sobre sua história de vida , de que bairro e cidade vc surgiu e pq o Futebol hoje em sua vida ?

TREINADOR LEAL 

Nossa meu amigo,  falar de nossas vidas é tão complexo pois passamos por tantas coisas mas vamos lá,  eu nasci em São Luís- Maranhão,  vim do bairro São Cristóvão onde chegou a ser épocas passadas o maior celeiro de jogadores do estado principalmente na época dos mara belgas , então tive uma infância dentro do futebol mesmo olhando jogadores que chegaram a fazer carreira internacional, e vou mais além pois dentro da minha casa Tenho 2 irmãos que foram jogadores profissionais onde um chegou a jogar na Europa e o outro chegou a jogar no México,  então vc chegar a conviver no meio do futebol faz com que vc consiga identificar e analisar todos os predicados que os futebol te oferece e com a criação da minha escolinha feita no bairro chegou a ser o meu maior centro de motivação para que eu pudesse ver que eu podia chegar mais longe como treinador de futebol .
Sou de família simples de pai e mãe trabalhadores , de irmãos e irmãs que lutam para ter uma vida melhor para suas famílias,  somos uma família que buscamos a felicidade igual a todas as outras .

Assis Araújo- o que vc fala sobre seu momento atual ? 

TREINADOR LEAL 

Eu agradeço muito a Deus e a Nossa Senhora Aparecida por tudo que vem acontecendo comigo , a minha volta pra sao Paulo tá sendo um momento único que pode alavancar a minha carreira, iremos disputar competições importantes com jogos transmitidos pelas redes sociais então o mundo pode ver agora o meu trabalho e isso nos dar uma motivação a mais e uma alegria enorme em saber que todos podem ver vc e o seu desenvolvimento , então pra mim eu falo que esse ano será o ponto de uma nova trajetória no mercado do futebol .

Assis Araújo- o que vc tem a falar aos atletas e as pessoas que buscam ser treinadores da sua cidade natal , ais maranhenses de verdade .

TREINADOR LEAL 

Eu sempre falo que a dedicação ,  compromisso , fé,  acreditar em si mesmo e nunca desistir São os pontos principais para iniciar uma carreira , posso falar que eles tenham que aceitar o desafio de sofrer e ultrapassar os obstáculos das dificuldades pois os resultados acontecem a longo prazo e com planejamento e metas , tem que sonhar alto mas o principal é acreditar que o seu sonho pode virar realidade e não desistir pela primeira dificuldade que encontrar no caminho,  lute , insista e vc chegará onde quer .

Assis Araújo- quais suas considerações finais 

TREINADOR LEAL 

Agradeço a minha família,  aos meus amigos e aos que se dedicam a mandar frases de motivação e gratidão pra mim mesmo sem me conhecer pois somos aquilo que fazemos e nos dedicamos para que possamos ser cada dia uma pessoa melhor e determinada .
Agradeço a vc meu amigo.por mais uma vez tá mostrando a todos a minha trajetória e caminhada pois vc foi o primeiro a me entrevistar no meu início de carreira e tenho uma gratidão muito grande por vc .
Eu Assis Araujo te parabenizo por esse grande trabalho e pelos objetivos alcançados e ainda a alcançar que Deus te abençoe e te proteja sempre e quem sabe um dia você venha treinar meu MAC.

RECORDAÇÃO ´SEMIFINAL CAMPEONATO DE MASTER DA CIDADE OPERÁRIA 2010 BEIRA MAR 5 X 0 SÃO JOSÉ 04.12.2010

CAMPEONATO DE MASTER DA CIDADE OPERÁRIA 2010
SEMIFINAL
DIA 04 DE DEZEMBRO DE 2010 - SÁBADO
ESTÁDIO ROSEANA SARNEY.
16:00 BEIRA MAR 5 X 0 SÃO JOSÉ
JUIZ : EUVALDO  REIS (REIZINHO)
ASSISTENTES : RIBAMAR SOUSA E JOSÉ RAIMUNDO.
O BEIRA MAR FOI PARA FINAL.
VAMOS AGORA VIAJAR NESSAS IMAGENS EXCLUSIVA DO REPORTER ASSIS ARAUJO.
COMO É BOM RECORDAR
NÃO SE ESQUEÇAM FIQUEM EM CASA,
Ribamar Sousa, Reizinho e José Raimundo 



Roberto Ramos Narrador 

Beira Mar






São José





















Medidas previstas na MP 936 são “cruciais” para preservar empregos

É o que defende Alexandre Furlan, presidente do Conselho de Relações do Trabalho da CNI; ele entende que reduções da jornada e de salários, por exemplo, dão fôlego às empresas.

A Medida Provisória 936/20, em vigor desde quinta-feira (2), institui o Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda, que permite a empregadores reduzir salários e jornadas por até 90 dias ou suspender contratos de trabalho por até 60. Em contrapartida, o funcionário ganha o direito a estabilidade temporária e recebe do governo um benefício emergencial, calculado com base no valor do seguro-desemprego a que o empregado teria direito em caso de demissão.

A flexibilização de regras trabalhistas é mais uma tentativa do governo de amenizar os efeitos da pandemia de Covid-19 no mercado de trabalho e estancar as perdas financeiras das empresas. Na avaliação do presidente do Conselho de Relações do Trabalho da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Alexandre Furlan, as possibilidades previstas na MP 936 são indispensáveis para evitar demissões em massa e a falência de estabelecimentos comerciais.
“A medida abre espaço para que as empresas possam efetuar ajustes necessários para a preservação dos empregos e a sustentabilidade de seus negócios. É importante que as empresas avaliem, caso a caso, os instrumentos que podem adotar, observadas suas peculiaridades e casos concretos, já que as alternativas trazidas na MP oferecem instrumentos para que as empresas possam tomar medidas adequadas”, aponta Furlan.
A partir de agora, o empregador poderá reduzir os salários dos funcionários proporcionalmente à jornada de trabalho. Ficam permitidos cortes de 25%, 50% ou 70%, por até noventa dias. O valor do salário-hora de trabalho do funcionário não pode sofrer alteração.
A MP também autoriza o empregador a suspender o contrato de trabalho dos empregados, por meio de acordo, pelo prazo máximo de 60 dias ou dois períodos fracionados de 30 dias. Com isso, o trabalhador terá direito ao benefício emergencial.
Para quem tem vencimentos mensais de até três salários mínimos (R$ 3.135) ou superiores ao dobro do teto estipulado pelo INSS (R$ 12.202,12), além de curso superior completo, a suspensão temporária poderá ser firmada por acordo individual ou coletivo. Os trabalhadores que não se encaixam nessas condições só poderão pactuar isso com acordo coletivo.
O benefício emergencial será integral para trabalhadores de empresas com receita bruta anual menor que R$ 4,8 milhões, como pequenos e micronegócios e empregadores domésticos. Para médias e grandes companhias, será pago pelo governo o equivalente a 70% do seguro-desemprego – os outros 30% do salário do empregado com contrato suspenso serão arcados pela empresa.
No período de suspensão contratual, fica proibido que o trabalhador preste qualquer tipo de serviço, ainda que parcial, ao empregador. Caso essa norma seja descumprida, o empregador pode ser penalizado.
Para Furlan, essas adaptações trabalhistas trazem segurança jurídica e tornam claro o que pode ou não ser feito para reduzir os prejuízos econômicos e sociais neste momento de crise. “O crucial neste momento é que empresários, trabalhadores e governo estejam com o mesmo propósito, ou seja, de superar essa crise, preservando o emprego e a renda e gerando condições de sobrevivência às empresas”, ressalta o presidente do Conselho de Relações do Trabalho da Confederação Nacional da Indústria (CNI).
Benefício emergencial
O Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda será pago pelo governo nos casos de redução de jornada de trabalho e de salário e suspensão temporária do contrato de trabalho. A primeira parcela será liberada em até 30 dias após o acordo, devidamente informado pelo empregador ao Ministério da Economia.
A ajuda de custo terá como base de cálculo o valor mensal do seguro-desemprego. Em um exemplo prático, se o trabalhador tiver direito a cinco parcelas de R$ 1 mil de seguro-desemprego, é esse valor fracionado que será a base para a definição do benefício.
O valor a ser pago será proporcional à redução da jornada. Se a carga horária de trabalho diminuir 50%, o benefício será de 50% sobre o seguro-desemprego, ou seja, o trabalhador receberia R$ 500, pelo mesmo período em que houver redução da jornada ou do salário. 
Vale lembrar que o empregado com mais de um vínculo formal de emprego poderá receber um benefício emergencial para cada contrato.
A exceção a essas regras são os trabalhadores intermitentes, aqueles que recebem apenas o equivalente aos dias trabalhados e alternam períodos de prestação de serviços e de inatividade, informais e empreendedores individuais. No caso desses grupos, o benefício emergencial será fixo, no valor de R$ 600, e pago pelo governo por até 90 dias. Mulheres chefes de família, ou seja, que são responsáveis pelo sustento da casa, vão receber o dobro do valor: R$ 1.200. Segundo o presidente Jair Bolsonaro, os pagamentos devem ocorrer já a partir da próxima semana. 
A MP 936 seguirá o novo rito de tramitação das medidas provisórias definido pelo Congresso Nacional em virtude da situação de calamidade pública e deve ser analisa por deputados e senadores em até 16 dias. 




  • Repórter 
  •  
  • Data de publicação: 

sexta-feira, 3 de abril de 2020

RECORDAÇÃO = CAMPEONATO DE MASTER DA DECACO 2010 FURACÃO 4 X 1 TH FUTEBOL CLUBE. 05.12.2010

CAMPEONATO DE MASTER DA DECACO 2010
PRESIDENTE KNNEDY FALCÃO
DATA 05 DE DEZEMBRO DE 2010 DOMINGO
08:00 FURACÃO 4 X 1 TH FUTEBOL CLUBE
JUIZ MARCIO (MACAXEIRA)
ASSISTENTES JOÃO CARLOS E FRANCISCO NETO

FURACÃO 
JOÃO CARLOS, MARCIO E FRANCISCO NETO


THA FUTEBOL CLUBE










PRESIDENTE KENNEDY FALCÃO

CASA SANTO ANTÔNIO - ZÉ GRANDÃO

CASA SANTO ANTÔNIO - ZÉ GRANDÃO
Tudo em Genêros Alimenticios

COMENTARIOS

HTML Comment Box is loading comments...