ESPAÇO MIL FM

ESPAÇO MIL FM
A melhor radio WEB do Brasil

WEBESPAÇOMILFM

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

SEMIFINAL DA COPA CEFAMA SUB 16

COPA CEFAMA DE FUTEBOL SUB-16

SÁBADO DIA 21  - SEMIFINAIS

08:00 horas - Clube Atlético Maranhense   x   Macau Sport Clube
10:00 horas - Babaçú/Cefama                   x   Comercial Futebol Clube

A rodada dupla será realizada no Campo do Cefama

Copa Sesc encerra sua XXIII edição com três grandes finais


SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO
ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO
CONTATOS: 3216-3813 / 99910015 - Lideney Ribeiro ou Amanda Machado







Após mais de um mês de gols, belas jogadas, disposição e principalmente garras, as equipes do futsal feminino e futebol de campo nas categorias sub-13 e sub-16 definiram os seus campeões. A Copa Sesc encerrou nesta terça (17), no ginásio do Sesc Deodoro, a XXIII edição com a grande final de futsal masculino. Independente conquistou o título, Águias Futebol Club ficou com a segunda colocação e City Lar com a medalha de bronze. No futsal feminino, disputado nesta segunda (16), o Moto foi o grande campeão da noite. Cohab Futebol  ficou com a segunda colocação, enquanto Tok de Bola conquistou a medalha de bronze nos pênaltis. Realizado no último sábado (13), no Campo do Comerciário, Fanmaq conquistou o título do sub-13 depois de uma suada vitória nos pênaltis sobre o Cefama, que ficou com a medalha de prata e o JPA Sport com a terceira colocação. No sub-16, o troféu foi para o Clube Atlético Maranhense (CAM), medalha de prata para o time Viana e bronze para o Sesc.

A modalidade futsal, que iniciou as competições no dia 11 de novembro, contou com a participação de 16 equipes no masculino e 16 no feminino. No futebol de campo, 8 times inscreveram-se no sub-13 e também 8 equipes no sub-16 na briga pelo troféu, iniciada no dia 15 de novembro.

Futsal Masculino

City Lar e Novo Mundo começaram a disputa pelo terceiro lugar às 19 horas, nesta terça, dia 17 de dezembro. Com uma chuva de gols, com poucos minutos de jogo o time City Lar abriu o placar com o gol de Valdemir da Silva, camisa 15. Pouco tempo depois marcou de novo, mas o Novo Mundo reage e tenta empatar, mas City Lar mostra superioridade e garante o terceiro lugar com um resultado final de 7 a 3. O artilheiro da partida foi o camisa 14, Luciano Alves, que marcou 4 gols.

Na briga pelo troféu, Independente e Águias Futebol Club entraram em quadra com todo gás. Com a disputa acirradíssima, o primeiro tempo terminou com 1 a 0 para o Independente. No segundo tempo, manteve a vantagem e continuou aumentando o placar. Sem resultado, o Águias Futebol Club partiu para um ataque agressivo e acabou punido com a maior parte dos sete cartões amarelos aplicados durante todo o jogo. Resultado final: 6 a 1 para o Independente. Além de levar a medalha de ouro, a equipe ainda faturou os troféus de melhor goleiro e de artilheiro.

Futsal Feminino

Abrindo a noite, RAJJA e Tok de Bola fizeram um jogo acirrado. O primeiro tempo terminou empatado em 1 a 1. No segundo, os dois times marcaram mais um gol cada, finalizando o jogo em 2 a 2. A definição da medalha de bronze foi para os pênaltis. Com resultado de 2 a 1, a equipe Tok de Bola festejou a árdua vitória. A goleira Ilcy Bianca, de 16 anos, revelou que ficou muito feliz com a terceira colocação.  “Em 2012 ficamos na quarta colocação. Faltou garra para a equipe alcançar melhores posições, mas recebemos com alegria a medalha de bronze nesta edição”, explicou.

Enquanto aguardava o seu time entrar em campo, a torcida do Moto comandava a festa na arquibancada. Com faixas, batucadas, animação e muita fé na equipe, o jogo começou com muita energia. Com o apoio dos torcedores, o Moto começou goleando com Fabiane Magalhães, camisa 11, aumentou o ritmo e até o final do jogo marcou 5 gols. O Cohab Futebol diminuiu a diferença nos últimos minutos de partida com um gol da jogadora Natália Alves, camisa 5 do time.  A jogadora do Moto Mayara Vilas Boas, responsável por 2 gols, estava aniversariando no dia da grande decisão e falou sobre a emoção de conquistar o título em uma data tão especial. “Foi um grande presente não apenas para mim, mas para toda essa linda família que é o Moto. Só tenho que agradecer a Deus, a toda a equipe e a essa torcida maravilhosa”, explanou.

Futebol de Campo (Sub-13 e Sub-16)

Na grande final do sub-13, Fanmaq e Cefama realizaram uma partida equilibrada. Terminando o primeiro tempo em 0 a 0 e finalizando o jogo com o empate, a decisão para os pênaltis favoreceu o Fanmaq que venceu por 10 a 9 o Cefama. Em 2013, conquistou 6 campeonatos, entre eles Olimpíadas Sesc e Futsal sub-13 Maranhense.

A mãe do goleiro do Fanmaq, Alejandro Mateus, é torcedora dedicada. Não perdeu uma partida e na grande final voltou ao bairro do João Paulo, onde reside, para buscar a identidade do filho. Sem o documento o goleiro não teria participado do momento mais aguardado da competição.
Na disputa pelo primeiro lugar do sub-16, CAM e Viana mostraram raça na briga pelo título. Com o jogo bastante equilibrado, os técnicos realizaram várias substituições em busca do gol e da vitória. Aos 17 minutos do segundo tempo Cam marca o único gol da partida e conquista a medalha de ouro.

Danilo Brito, técnico do CAM, falou sobre a importância dessa vitória. “Foi a primeira competição que conquistamos carregando a bandeira do Maranhão, porque antes éramos franqueados do Paraná. Consagrar-se campeão em uma copa séria como a do Sesc nos enche de orgulho”, ressaltou.

Iniciada no dia 3 de novembro, a XXIII Copa Sesc movimentou o cenário esportivo da capital com torneios de beach soccer e futsal no masculino e feminino, futebol de campo nas modalidades sub-13 e sub-16 apenas no masculino. E a competição exercitou o espírito solidário dos jogadores. Com as inscrições, o Sesc arrecadou mais de uma tonelada de alimentos não-perecíveis, quantidade doada para instituições sociais assistidas pelo Programa Mesa Brasil Sesc.

Atleta maranhense em destaque

As finais de futebol de campo contaram com um torcedor muito especial. O jogador Iago Pereira (17), que desde outubro de 2012 foi contratado pelo Criciúma, retornou à sua terra natal após 10 meses de atuação no time. Apresentando bons resultados, o atleta revelou que em janeiro embarca para Portugal, onde jogará no Benfica.

Iago, que praticou futebol de campo por 3 anos e várias vezes disputou copas no Campo do Comerciário e em outros espaços esportivos da capital maranhense,  fala sobre a importância de acreditar no seu sonho. “O professor Alexandre Araújo foi meu grande incentivador. A partir do seu apoio, aprimorei minha técnica e corri atrás do meu sonho de seguir uma carreira profissional no futebol. Espero ver outros maranhenses representando nosso estado no Brasil e exterior”, afirmou.

Alexandre Araújo é técnico do time do Cintra, time onde Iago treinava, mas também se dedica ao projeto Futebol Para Todos do Sesc, que este ano faturou o terceiro lugar na competição. 
 
Att,
Assessoria de Comunicação
Serviço Social do Comércio (Sesc) 
Departamento Regional no Maranhão
Contatos: 3216-3813 /14/15/61
Twitter: @sescma

COMENTARIOS

HTML Comment Box is loading comments...